Logo

Home / Dicas / Dica

Saiba como diferenciar transtorno de dificuldade de aprendizagem

O desenrolar das habilidades ao longo da vida da criança é algo que começa desde cedo. A aprendizagem envolve muitas variáveis e aspectos, como questões sociais, biológicas e cognitivas e quando as dúvidas das crianças nas atividades escolares passam a ser frequentes pode ser que, de alguma forma, as funções cognitivas estejam sendo afetadas, indicando algum tipo de problema, podendo ser algum transtorno ou dificuldade de aprendizagem.

Diante do transtorno de aprendizagem a criança apresenta diversas dificuldades, como, por exemplo, na área da leitura, da escrita, entre outras questões intelectuais. O transtorno compreende uma inabilidade específica, anexada a uma questão de conexão dos neurônios no desencadeamento de uma disfunção neurológica.  A criança com transtorno de aprendizagem não deve ser vista como portadora de uma limitação intelectual, já que possui apenas uma dificuldade em desenvolver algumas habilidades.

Contudo, quando falamos de dificuldade de aprendizagem, compreendemos questões mais intrínsecas. São dificuldades que podem surgir no contexto escolar, social e emocional da criança. É mais comum e é caracterizada por um obstáculo, uma barreira ou um sintoma que pode ser de origem cultural, cognitiva ou até mesmo emocional.

Para identificar os transtornos de aprendizagem é importante procurar um especialista, visto que o paciente terá a oportunidade de se submeter a uma avaliação multidisciplinar, recebendo o tratamento de acordo com o diagnóstico. Uma equipe multidisciplinar é essencial para o desenvolvimento neurológico e psicológico da criança diagnosticada com algum desses transtornos.

Publicações Relacionadas

{{ dica.titulo }}

{{ dica.descricao }}

Voltar para Dicas